GT Qualificação

O Grupo de Trabalho Qualificação da FEMESP foi criado para estabelecer patamares mínimos para os cursos oferecidos pelas entidades filiadas para a formação de montanhistas no Estado de São Paulo. Seu objetivo é garantir a qualidade dos cursos homologados e que as pessoas ingressantes e as que já praticam montanhismo realizem atividades seguras e ambientalmente corretas.

Responsáveis: Mariana Zuquim e Jussara Nery

A seguir, algumas atividades desenvolvidas pelo GT.

    1.

    Foram elaboradas e implantadas duas Normas
  • Diretrizes para formação de Montanhistas no Estado de São Paulo - Registro e Homologação de Cursos
    » NDT 001.00/12 (.pdf - 422kb)
  • Curso de Iniciação ao Montanhismo
    » NDT 001.01/12 (.pdf - 250kb)

As categorias de montanhistas que receberão a qualificação estão relacionadas na Norma NDT 001.00/06 sendo estas Montanhista, Montanhista escalador, Montanhista escalador de rocha e gelo, Montanhista escalador avançado e Montanhista pleno.

A primeira foca a estrutura de formação do montanhista no Estado de São Paulo, enquanto a segunda já é mais específica: aborda basicamente o conteúdo mínimo do Curso de Iniciação ao Montanhismo – CIM e a Oficina de Reciclagem.

Até o momento, somente a categoria Montanhista (Norma NDT 001.01/06 – Curso de Iniciação ao Montanhismo - CIM) possui norma específica e, portanto um Selo de Qualificaficação.

2.

Lançado o Selo de Qualificação de Montanhista
As entidades filiadas que obtiverem homologação seguindo a NDT 001.01/06 poderão emitir certificados aos sócios e estes receberem o Selo de Qualificação na categoria Montanhista. Com o nível de excelência que se obteve através da elaboração das normas por montanhistas experientes, a FEMESP estará contribuindo para a redução de riscos que esportes de montanha possam oferecer aos praticantes e ao meio ambiente.

    3.

    Por que é importante ter o Selo de Qualificação de Montanhista da FEMESP?
  • Para a Federação isso vem demonstrar a confiança e consideração que os monstanhistas de SP têm para com a FEMESP.
  • Para a sociedade, seriedade e responsabilidade com que os montanhistas de São Paulo executam sua atividades.
  • Demonstra para chefes de parques e entidades esportivas ou governamentais que existe um sistema de qualificação para montanhistas estabelecido pela FEMESP, baseado num processo de auto-regulamentação da sua própria entidade de administração esportiva.
  • Indicar para donos de áreas de escalada ou administradores públicos deunidades de conservação que o portador é suficientemente habilitado para adentrar áreas de prática de montanhismo e escalada sem causar transtornose adotando condutas de mínimo impacto.
  • Garantir aos filiados, em muitos casos, a acessibilidade a áreas de escalada, caminhada, em fim, a prática do montanhismo.
  • Filiados reconhecidos publicamente e por outros montanhistas como sendo esportistas conscientes e responsáveis.

4.

FAQ
Visite nosso FAQ para tirar suas dúvidas.